segunda-feira, janeiro 05, 2009

Recomeços

A cada novo ano, recomeça-se algo. Mas depois há os pequenos começos e recomeços que vêm nos começos e recomeços grandes.
Hoje foi dia de recomeçar. A acordar com despertador à séria (e não o «Mãe!!!!!!! Pai!!!!!!!» das férias), a correr para um lado e para outro de manhã para tentar sair a horas, a beber café no café com os colegas, a ter horas para tudo, a comer menos (há coisas boas, afinal!), a planear pequenos futuros, a ver as caras de que se gosta muito e as que seriam dispensáveis por mais uns tempos, a matar saudades dos colegas amigos, a ter novamente saudades da filha e de casa e de nós...
Mas não foi mau e deixou-me cheia de esperança. Não me custou a acordar, na verdade já tinha acordado e bem antes da hora. Não me custou a trabalhar, na verdade já tinha coisas marcadas para não cair na tentação de me arrastar pela inércia-pós-férias. Na verdade, gostei. O dia correu tão rápido e bem que só me resta desejar pelo menos uns próximos 60 dias com tal sucesso. E se for assim, de certeza que tudo correrá bem.


Para carimbar o final da tarde com sucesso, a Alice decidiu brincar sozinha durante... talvez meia hora... Pasme-se quem achar pouco, aqui foram 30 minutos de puro êxtase meu a ouvi-la e a agradecer o delicioso tempo para relaxar e vir aqui.

Rita

Cristina, faz lá aquilo às fotografias, para eu não pôr a Reportagem Fotográfica deste Natal quando estiver para chegar o próximo...