quinta-feira, outubro 20, 2011

Um "mi"

O Jorge, que tem um blog que eu gosto muito de ler, colocou no outro dia este post interessantíssimo... sobre o vicío de ler da filha... tentei comentar duas vezes, mas falhei das duas e acabei por desistir... Na esperança que ele passe por aqui, comento-o agora... A ausência em que ela se coloca para ler parece-me uma atitude típica de adolescente... quem é que prefere calçar-se ou fazer a cama ou qualquer outra coisa se tiver hipótese de, em vez disse, estar a ler... Não me pareceu que isso fosse compulsivo e sim algo habitual na adolescência, aliado a um magnífico vício: a leitura...

No seu método de aprendizagem de leitura, a Alice faz listas... de "mi", de "eta", de "ca", de "co"... E ontem de manhã, enquanto tomávamos o pequeno-almoço e viamos as notícias da manhã (mesmo antes de mudarmos para o Phineas e Ferb), demos por ela a fazer a sua primeira leitura: «Estou ali a ver um mi...». E era. No canto inferior esquerdo, lá estava o "minuto verde". Fizemos uma festa e ela tentou decorar a palavra para dizer na escola o que tinha lido. E eu, que achei o máximo, contei ao almoço a uma colega e ficámos as duas a olhar uma para a outra, de lagrimita a romper nos olhos...

Penso no início deste caminho da Alice e no caminho já tão percorrido pela filhota do Jorge e não consigo deixar de desejar, com todas as minhas forças, que este seja o princípio de uma lista interminável de "mis" e que um dia eu tenha a tremenda sorte de ter filhos com o vício da leitura...

Rita

3 comentários:

Jorge Freitas Soares disse...

Mas eu li o teu comentário ... e acho que até respondi :-)

Por acaso não me lembro de que a Raquel começasse a ler antes de tempo, lembro-me de com 2 anos a sentar frente ao monitor do computador e colocar um screen saver com fotografias de animais a passar e ela ficava ali a olhar para eles... é claro que hoje para além de leitora compulsiva é barra em informática..e o próximo projecto é um blog sobre livros :-)

Jorge

Oficinas RANHA disse...

Tentei comentar duas vezes... comentários grandes... por isso foi uma frustração não conseguir... acabei por desistir de comentar no teu blog, mas não de falar sobre o assunto, porque o achei verdadeiramente interessante.
Não foi a mim que respondeste e sim à minha irmã... isto de ter blogues partilhados dá nisto, os outros não têm a certeza de com quem estão a falar...
De qualquer forma, acho que ainda abordarei mais sobre este assunto, não só porque me trouxe muitas recordações, mas porque me vêm tendencialmente algumas à cabeça agora, com a Alice no 1º ano, a iniciar a sua caminhada neste processo.
Beijinhos!
Rita

Joana disse...

Desejos de muitos mis para a Alice. De facto acho que aliado ao desejo de leitura, ajuda muito estar numa casa onde há livros e onde se lê. Estou ansiosa de ver as amigas a trocar livros para ler :)
Bjs