segunda-feira, março 22, 2010

A vida

Há mais ou menos três semanas, um amigo teve um acidente de carro.
Despistou-se, foi bater num poste de electricidade daqueles grandes, formados por dois pilares de cimento, e por lá ficou encaixado, até que os bombeiros o desencarcerassem. Teve uma paragem cardio-toraxica e ia morrendo. Teve um traumatismo craneano, com edema cerebral a recusar-se a ceder. Uma imensa possibilidade de lesões desconhecidas. Ficou em coma.
Durante este tempo, teve sempre no meu pensamento. Por trás de todas as coisas que fizesse e sentisse e me ocorressem. Não dormia bem, não andava bem. Ia vê-lo e sofria porque me sentia impotente e pequenina a olhá-lo, ligado a máquinas e com tubos por tudo quanto era lado. Ele era eu e todos nós, a vida na sua finitude e fragilidade a olhar-me de frente.
O meu amigo por afinidade, grande amigo do grande amigo que comigo partilha a vida. Um daqueles amigos que nos deixa a certeza de ser um grande amigo se precisarmos, que é o que basicamente faz de um amigo um amigo.
Hoje apertou-me a mão e acenou quando lhe disse quem era. Há dois dias quis saber as horas. Comeu sopa e mousse de chocolate. Mexeu as duas pernas e os dois braços. Acenou a dizer que está bem, que a luz não lhe faz confusão. Ainda não se sabe de nada, mas desse nada sei eu que voltaremos a mergulhar na piscina da Várzea ou no mar da Costa, a inventar jogos e expressões, a passear, a correr, a rir, a rir, a rir...
Quando penso nisto, não consigo deixar de ter vontade de chorar de felicidade.
Rita

8 comentários:

Anónimo disse...

Acabei de ler o teu post... e fiquei feliz por saber que o teu amigo está melhor!!!
Beijinhos
D

Oficinas RANHA disse...

Eu e o F queremos fazer parte desses convívios, onde o R vai fazer parte como animador como é seu costume. Porque ele também já é nosso amigo por afinidade.
Ana Cristina

Joana disse...

tb eu fiquei a torcer por ele... bjs

rutinha disse...

bolas...a vida prega tantas partidas...um bjnho grande para ti rita e para o teu amigo.

mena disse...

ai, mulher, que me pões tb a mim a chorar... :)
vamos acreditar que o pior já passou, que as energias positivas nestas coisas são muito importantes.

Elsa Serra disse...

De lágrimas nos olhos sorri, que bom para o teu amigo, para ti e para todos nós, beijinho

Aramar disse...

Passei por um caso semelhante, mas infelizmente com um final diferente e sei como isso nos sufoca na passagem dos dias. Fico muito feliz que tudo tenha corrido bem.

Beijinhos,
Inês

Isabel disse...

Minha querida Rita,

Hoje falei com o R ao telefone e mesmo com a canula na traqueia consegui dizer : "Beijinhos", "Beijinhos para todos".

Estou feliz! E o maximo este meu irmao.

Obrigada pela vossa amizade e energia positiva. Colectivamente, conseguimos que ele volte gradualmente ao R brincalhao q nos conhecemos.

Bem hajam. Regressei a casa convosco no coracao. O desenho da Alice esta em cima da minha secretaria :)

Um beijinho para a Alice da menina que brincou com ela as bonecas la no hospital, e outro para esse maroto do Vasco. Que "flirt"!

Beijinhos,

Isabel