segunda-feira, junho 01, 2009

Para ti

Nos últimos tempos tens estado pouco. Sei que te ultrapassa e que preferias estar por aqui, connosco. Ainda por cima, quando estás, é tudo confuso, andamos a correr de um lado para o outro, quase não paramos.
Pensava que estes momentos iam passar a ser muito mais difíceis, com eles os dois. Estranhamente, as coisas saem de uma forma natural e arranjam-se entre si. Só o tempo passa a correr e a parte que me cabe a mim é muito mais reduzida. Esqueço-me também de algumas coisas respeitantes à dinâmica familiar, mas todos os males fossem esse.
O pior mesmo é não estares e eu ficar assim... perdida... não no meio de tudo o que há para fazer, mas mais do que tudo, em mim...
Não ligues, estou a sentir-me só.
Rita

4 comentários:

Sónia disse...

Beijos Grandes!

Rutinha disse...

não estás só!
bjnhs

Anónimo disse...

Bate o pé amiga!!! Grita se for preciso... nem que seja baixinho, como um sussurro ao ouvido :)
Beijinhos muito grandes!

Anónimo disse...

Mais uma vez esqueci-me de me identificar no comentário anterior...
beijinhos
D