segunda-feira, julho 14, 2008

Outros meninos cá em casa

Neste fim-de-semana não tivemos cá a Alice.
Desde muito cedo que nos habituámos a deixá-la ir. Primeiro, enquanto mamava, só por umas horas. Depois uma noite de longe em longe, a partir dos dez meses. Uns dias, já depois do primeiro ano. Uma semana de vez em quando, a partir daí. Nunca mais do que isso, eheheheh.
Não é que não custe. E não é que passe a custar menos. Sofre-se um pouco (pouquinho... assim fininho) por antecipação, quando se pensa que não se vai tê-la nos dias seguintes a cantarolar pela casa. E no dia em que sabemos que ela vai. Mas depois fica uma tranquilidade boa, de sabê-la bem e de nos recuperarmos a nós, a nós enquanto seres individuais que somos, a nós enquanto par de compinchas também. Uma tranquilidade feita de manhãs dormidas até mais tarde, de refeições fora, de cinemas, disso também que vocês estão a pensar, dos ritmos que se quer, da vida como era antes... mas melhor porque ela existe e, mesmo longe, está lá e é "nossa".
Este fim-de-semana foi só para nós e deu para tudo, para ver televisão, para estar com amigos, para almoçar fora com calma, para ir ao cinema... e principalmente para avançar com trabalho que já deveria estar feito - uma conquista que me deixou cheia de orgulho de mim mesma...
Como não tínhamos miúdos, matámos as saudades da filha com o João, que quase comeu pão pela primeira vez na nossa casa...
Rita

3 comentários:

Rutinha disse...

um beijinho grande, gostei mto deste post.

Sónia disse...

Muito bom as "ferias" de vez em quando! Para elas e para nós!!

Alma Minha disse...

Por vezes faz falta...
Eu ... comos os avós estão sempre cá...´só me consigo livrar da "ferinha" durante algumas horas...
No máximo uma noite!

Olha! Vai realizar a feira de artesanato cá na minha terrinha, dias 1 a 5 de Agosto! Vem conhecer!

Beijos