terça-feira, abril 22, 2008

Dela... para não esquecer...

Em simultâneo com um grande abraço e repetido até quase à exaustão (dela, porque uma declaração destas, a nós nunca nos cansa):

«Mamã, sou amiga de ti!»

Rita

6 comentários:

Sónia disse...

Pois.........desarmam qualquer uma!!!

Anónimo disse...

é tão bom, não é!!!! é a melhor sensação do mundo, os mimos e o amor dos nossos filhotes, principalmente quando é assim explicito! Eu fico na nuvens quando o T. me diz "mãe és tão lindaaaaaaaa, amo-te muito" ou quando a L. me abraça e diz mãe gosto tanto dos teus miminhos..." ai ai, vou buscar um lençol pa limpar a baba.
beijos
D

Rutinha disse...

é impressão minha, ou este é um post cheio de baba? ;)

Oficinas RANHA disse...

É uma sorte, ter umas coisinhas pequeninas que nos amam apesar da celulite, dos derrames e de todos os defeitos que se vêem ao espelho... Lembra-me qdo eu dizia à minha mãe que adorava a "pele molinha" da cara dela. Ela, por um lado toda babada, por outro a pensar "estou é a ficar velha". Tb me lembro de uma amiga um dia dizer "a minha mãe é tão bonita, não é? para mim a minha mãe é a mulher mais bonita de todas" e eu a pensar "não é mais bonita que a minha..."
Beijinhos às mães babadas
Ana Cristina

Joana disse...

Que bom! Conhecem o livro de contos do Antonio Botto? Mãe, tens as mãos mais lindas deste mundo! E Lindo Lindo!

macati disse...

aiaiaiaiaiai... que temos uma mae babada... aiaiaiaiaiai que a miuda ja te descobriu o ponto fraco: o de ser mae e ficar babada!
hehehehehehe