terça-feira, maio 08, 2007

Falar, recordar, desabafar

Hoje sonhei com as duas.
Apercebo-me agora que têm aparecido repetidamente nos meus sonhos. Ora uma ora outra mas a maioria das vezes as duas, juntas, como sempre estiveram associadas, pelo menos na minha memória de mais nova. Juntas como se encontram "fisicamente" agora, a tomar conta uma da outra, como acho que sempre fizeram.
Fico muito contente por me visitarem em sonhos. Consola-me e descansa-me, faz-me sentir menos "abandonada". Talvez não vá acontecer para sempre. Talvez só enquanto for necessário para me consolar.
Tão pouco sei o que sonho, na maioria das vezes. Só sei que estão lá as duas. Velam-me.
Ainda tenho vontade de chorar de vez em quando, mas já sou capaz de ler os posts que lhes escrevemos sem o fazer. Tento fazer o que alguém me disse há uns tempos e pensar no tudo de bom que foi tê-las na minha vida. Os sonhos ajudam a lembrar e a fingir que ainda estão lá, à espera das nossas férias. Espero que não acabem.
Rita

1 comentário:

Tina disse...

Claro que não vão acabar.. Esses sonhos vão durar para sempre, porque elas estejam onde estiverem estão a olhar por ti... e por todos vós.
Um beijinho...