sábado, março 25, 2006

Cheiros


Ao que parece, o olfacto é o sentido menos valorizado, o que se perde com mais facilidade, o menos apurado que temos. E, no entanto, não me imagino a viver sem ele.
Ainda por cima, o nariz, órgão mais visível do olfacto, é o bode expiatório de muitos complexos que andam por aí. Uma verdadeira injustiça. Como daríamos beijinhos à esquimó sem ele?!
Quanto a mim, gosto muito de narizes e gosto muito de cheiros.
Mas não falo dos cheiros artificiais, dos perfumes, desses não gosto. Aliás, é a pior prenda que me podem oferecer, um perfume. E as perfumarias são lojas das quais passo ao largo, o cheiro deixa-me profundamente enjoada e com comichão no nariz.
Prefiro mil vezes, e isto surpreende muita gente, os aromas naturais. O cheiro que fica nas mãos depois de cortarmos a cebola e o alho para um refogado/estrugido, ou depois de descascarmos uma laranja...
Os cheiros permitem-me identificar pessoas e locais de que gosto. Adoro o cheiro de Viana do Castelo e sempre que o sinto, recordo-me de todas as noites da minha vida em que lá cheguei de Lisboa vinda no expresso. O cheiro dos bolos que iamos comprar de madrugada a seguir aos bailes de Carnaval. O cheiro de todos os meus amigos (e ai deles que mudem de cheiro porque decidiram alterar o champô ou o amaciador da roupa), o da casa da minha avó, o cheiro do mar, dos pinhais, dos assados no forno. E, é claro, neste momento da minha vida, mais do que todos os outros, o dela, que é minha filha.
Rita

4 comentários:

Oficinas Ranha disse...

Não é por nada mas o narizito é tal e qual o da tia ...

Ana prima disse...

Ai o cheiro das bolas do natário...e das empadas de marisco e de pato...HUM!!!

M. disse...

E assim se deixa uma amiga com as lágrimas nos olhos ...
Demorei . .mas cá vim e olha Rita, tens esse dom especial de tocares as pessoas ...de tantas formas e pela escrita também !!!
Concordo com a Teresa, esta é uma foto poderosíssima, mas a tua escrita não fica atrás!!!
É um previlégio ser tua amiga!!!

M. disse...

E assim se deixa uma amiga com as lágrimas nos olhos ...
Demorei . .mas cá vim e olha Rita, tens esse dom especial de tocares as pessoas ...de tantas formas e pela escrita também !!!
Concordo com a Teresa, esta é uma foto poderosíssima, mas a tua escrita não fica atrás!!!
É um previlégio ser tua amiga!!!