domingo, fevereiro 23, 2014

Desenhador compulsivo

No ano passado, quando comentei com a Educadora do Vasco que ele não gostava de desenhar e que parecia inseguro a fazê-lo, ela descansou-me e disse que muitas vezes era assim que se passava... transmitiu ainda que a experiência dela é que tal acontecia muitas vezes com rapazes, que demoravam a querer desenhar e que depois, quando começavam, não paravam...
Parece que ela tinha razão.

Este ano reparei que as Educadoras e as Monitoras de ATL andavam a insistir com o Vasco para ele pintar e desenhar. Apesar disso, ainda não o fazia em casa por sua iniciativa. Até à semana passada.
Na quarta-feira, quando o fui buscar ao ATL, quis trazer o desenho que tinha começado, mas só se dedicou a ele na quinta. Estava motivado e quando comentámos com ele que gostávamos muito de o ver a fazer desenhos, disse: «Eu gosto. Aprendi a gostar.»
Assim sendo, desde que aprendeu a gostar, o Vasco passou a dedicar-se muito aos seus desenhos. Desde quinta à noite, contando com todos os momentos fora de casa e as outras actividades mais domésticas, o Vasco fez cinco desenhos, cada vez mais coloridos e mais preenchidos. Estão todos ligados ao seu imaginário dos super-heróis e depois de os fazer, costuma dizer que são jogos para jogar (o pai descarregou recentemente um jogo da Liga da Justiça para o Ipad), ao que eu lhe digo que tomara que ele venha a ser um grande desenhador de jogos...

o Homem-Aranha rodeado de maus, sendo que à direita há um mau que é vampiro, com o seu filho também vampiro em baixo

o Batman à esquerda e topem-me os músculos todos do super-herói do centro

 o Homem-Aranha e o Super-Homem (a deitar raios de fogo pelos olhos) rodeados de maus com pistolas (tento demovê-lo das pistolas, mas não vou lá) e martelos e paus, o Batman na horizontal, em cima

o Batman, o Homem-Aranha e o Homem-Aranha mau, com um vulcão do lado esquerdo e um lagarto verde que corre muito depressa
 
o Super-Homem (a deitar os raios pelos olhos), o Batman, o primo do Batman (mais colorido, no centro) e o Lanterna-verde, todos rodeados de muitos maus, inclusivamente de maus com expressão sorridente e simpática (como o chefe dos maus, a azul, em cima, do lado esquerdo)
 
 
No meio disto tudo, ainda há tempo para criar uma máscara de Batman para um Homem-Aranha cá de casa:

 
Como resultado, um par de mãos muito artísticas:

 Rita



3 comentários:

Oficinas RANHA disse...

Adorei os músculos do Batman...
Ana Cristina

Joana Mendonca disse...

Vi o Vasco exibir um desenho com muito orgulho à chegada da escola no outro dia!

Oficinas RANHA disse...

É verdade, Joana... agora tem muito orgulho e não presume logo não ser capaz de desenhar algo... há pouco pediu ajuda à Alice para desenhar uma coisa, foi óptimo vê-los a colaborar e ela a elogiá-lo...
Rita