segunda-feira, maio 03, 2010

Para não me esquecer...

Desde há dois ou três dias que o Vasco tenta dar um ou dois passinhos sem estar agarrado. Depois manda-se para um ponto de apoio ou para o chão, e sorri com ar orgulhoso da sua façanha.

Já embala um boneco quando lhe pedimos para pôr o bebé a dormir.

Já põe o telefone no ouvido e diz algo parecido com "tá".

Ouviu-me numa assoalhada a chamar o pai, que estava do outro lado da casa, e, agarrado à ombreira da porta, começou também a gritar para ele, como se também solicitasse a sua presença.

Continuo a dizer: com um ano e um mês, já se percebe que o gajinho vai ser teimoso como o raio e gostar de pândega à fartasana.


Rita

4 comentários:

Anónimo disse...

teimoso como o raio? se calhar sai ao pai ihihihih e pândego à fartasana só pode sair à mãe :)
Beijinho
D

Anónimo disse...

Concordo em pleno o que foi dito pelo(a) D. hihihihih
Beijinhos
Tina

Oficinas RANHA disse...

Claro,a mãe não é nada teimosa...
;))
Ana Cristina

Joana disse...

Já quase que pode subir ao 2º andar para brincar!!!