segunda-feira, janeiro 18, 2010

Reportagem de Natal atrasada 1

Tenho o sonho de conseguir fazer as prendas de Natal todas... ou praticamente todas.
Acho que houve um ano em que estivemos perto de o conseguir, mas não nos temos aproximado desse feito desde aí.
Entretanto, estimulo os filhos a fazerem as prendas para os mais chegados: os avós e os tios. O objectivo é demovê-los de aceitar passivamente todo o consumismo da época e lembrá-los de que o Natal é um momento para dizermos às pessoas que gostamos delas e de as ter perto de nós. Para isso, nada melhor do que prendas personalizadas. Tem sido assim desde que a Alice pôde colaborar minimamente e ela gosta e adere, satisfeita, aos projectos. O mais interessante é vê-la a evoluir, tanto nas ideias que dá como no modo de as levar a cabo.
Na noite de Natal, os presentes feitos por ela são abertos ao mesmo tempo. Este ano iniciou-se ainda o hábito de serem os primeiros, para possibilitar aos familiares que reparem bem no que foi realizado e que o partilhem com ela. O orgulho da Alice é indescritível...

Este ano, a prenda da Alice para os tios foi:

"Duas pequenas sereias" e "Uma menina com uma flor e um bebé"


O Vasco também se iniciou nestas lides e ofereceu a sua mãozada e pegada:

Rita

3 comentários:

rutinha disse...

oh rita que ideias tão boas! eu este ano o´+ perto que andei foi as fotos que ele tirou na escola e também postais com a foto dele, a cabeça não deu para mais.
mas já ando a magicar o que será para o ano, espero ter tempo e energia e tb ele já estará maiorzinho para poder participar!

Oficinas RANHA disse...

E ainda há mais para mostrar...
Beijinhos da Ana Cristina

Joana disse...

Adoro a mãe e o pé do vasco! bjs