terça-feira, janeiro 01, 2008

A todos, um grande ano de 2008!

O Ano Novo nunca foi mais, para mim, do que um pretexto para o divertimento. Sucedem-se uns aos outros e as comemorações são melhores ou piores consoante o planeamento prévio e as expectativas formuladas, mas sem nenhum princípio que lhe seja subjacente, para além da pura diversão que representa festejar uma espécie de novo começo... e, claro, a esperança que isso acarreta no futuro vindouro.
Guardo poucos Anos Novos daqueles memoráveis. Assim, de repente, vem-me à cabeça aquele decidido "à pressão" (lembras-te Ana? e tu, Miguel? Catarina?), em que partimos no "magenta nojenta" com um tupper ware de pastéis de bacalhau ("O bacalhau tem de ser, é imprescindível!") e salada russa, jantados no sótão do hotel em Monção... o nevoeiro que nos acompanhou quase até Vigo (a primeira vez em que ouvi falar do que era uma "linha-guia")... a dança até de madrugada... e, principalmente, as brincadeiras na neve do dia seguinte...
Recordo também a outra, em que se juntaram os dois lados da família na grande sala da casa de Darque e foi dançar até a Tia Aninhas partir a anca. O sentido é literal, mas só o soubemos mais tarde, no momento os queixumes soaram só a isso mesmo.
Claro que houve muitos mais: alguns em discoteca, outros no Terreiro do Paço, outros ainda imensamente divertidos, numa fase solitária da minha vida, com um grupo de amigos de outrem como se eu dali fizesse naturalmente parte, os que já não recordo e os que contêm pormenores inconfessáveis.
Com a Alice, a data tornou-se mais calma e caseira, mas talvez sintamos que temos, entre nós, tudo o que precisamos para comemorar.
Em todo o caso, seja para quem comemorou "à grande", seja para quem comemorou intimamente, seja para quem esteve a trabalhar, seja para quem tomou banho, seja para quem dançou ou cantou até cair para o lado, seja para quem tivesse estado só, seja para quem se tenha feito acompanhar de tudo o que precisava, seja para quem é leitor deste blogue, seja para quem não o é... o que interessa mesmo é que o ano de 2008 traga coisas boas e muito boas...
Rita

1 comentário:

rutinha disse...

Weeee! Feliz 2008 para vocês! bjs grds. ps-entao e a nossa foto do lanche? ;)