terça-feira, outubro 13, 2009

Dela, hoje no caminho de escola para casa

- Sabes mãe, hoje eu cuspi e depois pus a baba aqui nos olhos, assim... [tipo maquilhagem, estão a ver?!]

***

Depois de tropeçar e se amparar com as mãos no chão, digo eu:
- Boa, filha. É assim mesmo, fizeste muito bem, puseste as mãos no chão, é assim que se faz.
- Porquê?
- Porque assim não batemos com a cara. É melhor bater com as mãos do que com a cara.
- Porquê?
- Olha... o que é que tu preferias, bater com a cara ou com as mãos...?!
- Com nenhum. [realmente, que pergunta parva...]

Rita

6 comentários:

Sónia disse...

ahahahha

O ultimo dialogo é lindo!!

Rutinha disse...

eheheheh estou me a rir muito, mmo muito (para dentro) com a imagem dela a pôr o cuspo nas pálpebras!

Anónimo disse...

O cuspo é uma coisa tão linda não é?! tem uma variedade de funções espectacular... é que dá pra tudo quando não os deixamos fazer ou mexer naquilo que realmente querem. Por exemplo o cuspo é:
-um exelente substituto da cola (cola tudo)
-substitui o "pronto limpa madeiras" quando nos querem ajudar a limpar o pó
-Tb é limpa vidros...
-é verniz para as unhas, sombra para os olhos...
enfim é mesmo um produto espectacular

Bjos
D

Oficinas RANHA disse...

É verdade, Dê! E barato, o que nos tempos que corre, já é de valorizar!
Rita

Anónimo disse...

Adorei a paciência de trabalhar, cuidar da casa, tratar dos filhos e ainda ter paciência para escrever estas coisas...
Avó Irene

Ana disse...

Espera até a minha avó desenvolver o blog dela...
ana Prima