quarta-feira, março 18, 2009

A tese voltou novamente aos meus dias.

Nesta fase tem sido toda a revisão, e quem sabe reestruturação, do que está escrito com direito a mais umas pesquisas pelo meio para ir melhorando o enquadramento teórico.
Mas os dados têm de começar a ser tratados dando aos números uma enorme importância e vejo-me assustada com uma teoria que não conheço e com um programa informático que é um mistério (ainda nem sequer percebi como se constrói a tabela de dados). A estatística parece-me uma linguagem quase incompreensível, tipo uma língua estrangeira como, sei lá… o criolo, onde consigo identificar umas palavras, e até uma ideia mas não faço ideia de como se usam. E eu, que nunca fui muito de me assustar com conceitos matemáticos estou a “empanicar” .
Ana Cristina

7 comentários:

Rutinha disse...

programa spss? boa sorte cristina!bjnhs e qdo acabares a tese temos de comemorar com um lanche!

Rute disse...

momentos como este são mesmo típicos de quem anda nestas andanças de mestrados. Também eu "empaniquei" algumas vezes quando fiz o meu... mas depois, sem sebremos muito bem como, volta tudo a suposta normalidade!!! lol
Bom trabalho!

Oficinas RANHA disse...

Obrigada Rutes.
Ana Cristina

Joana disse...

Isso parece-me o percurso normal de uma pessoa a iniciar uma tese. Normalmente digo às pessoas que começam que enquanto não andarem perdidas é sinal que ainda não começaram. Espero que o programa não seja o SPSS. Na minha opinião, embora faça umas boas descriptivas, é um programa pesado e mau... Eu pessoalmente, não gosto dele. Mas sei que há muitas pessoas a pensar o contrário...
Boa sorte e boa viagem!
Bjs

Oficinas RANHA disse...

Joana, eu já não estou a iniciar a minha tese, e já não ando perdida em relação à tese. O meu problema, neste momento, é fundamentalmente, o trabalho estatístico, e o SPSS...
Beijinhos da Ana Cristina

Diana Vaz disse...

Olá como está? Cá estou eu, eu prometi que comentava e cá está o meu primeiro comentário, desculpe a demora.
Estou a ver que a tese está a dar uns passinhos, tenho a certeza que daqui a um tempinho este programa informático já não tem segredos para si.
Muito boa sorte, um grande Beijinho da Diana Vaz.

Ps: Espero ansiosamente pela reabertura das oficinas Ranha para uma encomenda:-)
Parabéns a tia pelo nascimento do sobrinho, e claro um beijinho também aos papás.

Oficinas RANHA disse...

Olá Diana.
Fico muito contente por ver que apareces por estas bandas, e que COMENTAS (eheheheh)
Quanto ao recomeço das peças com assinatura nossa, também eu espero que seja para breve, mas neste momento não pode ser senão eu peco-me...
Beijinhos e aparece sempre.
Ana Cristina