quinta-feira, novembro 15, 2012

Parece que isto era inevitável...

Os dois juntos, antes de jantar, a programar brincadeiras.
Alice, 7 anos: - Então, vamos brincar a quê?
Vasco, 3 anos: - Já sei! Vamos jogar ao karaté!
Alice: - Como é que isso se joga...?
Vasco: - ... às lutas!
 
É verdade. O puto começou na fase das lutas. Nunca achei piada. A testosterona agressiva e gratuita sempre me fez confusão. Não me considerando nada violenta, enfrentá-la era uma das coisas que mais me parecia estranha em ter um rapaz e achava-o mais ou menos inevitável...
 
Não podia estar mais enganada. Afinal é verdadeiramente cómico ver um miudinho a dar socos no ar e a soltar onomatopeias de murros e pontapés...
Rita

2 comentários:

Rutinha disse...

eheheheheh e também haverão dias que brincam às bonecas certo?

Oficinas RANHA disse...

Rutinha, estava a responder-te e lembrei-me que dava um post... fica então para amanhã...
Beijocas, Rita