terça-feira, novembro 01, 2011

Comunidade de amigos

Durante muito tempo, quase toda a roupa da Alice vinha da Rita da Tina. Oferecida. E linda.
Uns tempos depois de deixar de lhe servir, começou a ser emprestada à Sofia, da Van.
Quando o Vasco nasceu, a Van, por sua vez, passou a mandar roupa do Tiago.
Desde que a Catarina teve a Teresa, em Abril, a roupa mais pequena da Alice vai lá para casa.
A Catarina manda-me roupa do João, para o Vasco.
De vez em quando, tanto a Alice como o Vasco herdam roupa da R. e do primo M.
A dona C., de longe em longe, também oferece roupa que era do João, cá de cima.
Para além daquela mãe amorosa, lá da escola, com dois filhos de idades idênticas às dos meus, mas de géneros trocados, que há uns tempos me deixou um saco de roupa para o Vasco, mas que ainda continua a servir-lhe.


… adoro a vida comunitária que me circunda em relação à troca de roupa. Só não é fixe quando é altura de a arrumar, tirar para fora, ver o que serve, o que é para devolver e a quem, o que é que pode servir para o ano…
Nota-se muito que estou na época de trocar as indumentárias de Verão pelas de Inverno…?!


Rita

5 comentários:

Pocahontas disse...

O A.M. também já se juntou à comunidade de amigos, só ainda não conhece os modelitos...
Bj.

Joana disse...

Tb adoro! A própria R. adora receber roupa dos amigos e perguntar para quem vai depois :)
Bjs

Oficinas RANHA disse...

Esta já era uma prática comum quando eramos miudas.
Rita, e as tardes de veste-despe-aprova-não aprova que tinhamos... era o máximo.
Pocahontas e Joana, como gosto de vos "ver" por aqui, beijinhos às duas.
Ana Cristina

rutinha disse...

a meio perdi-me ehehehehe mas sim, por aqui acontece semelhante. a roupa que nao serve ao E. e que a irma ja não vai aproveitar tem sido repartida por amigas que tem bebes mais pequenos ou que estao para ter. a J. recebeu enxoval completo de uma amiga que "fechou a loja" e o que está a deixar de servir (já é tanta roupa que nao serve) está a ser guardada para a minha cunhada (mas ainda nao sabemos o sexo do bébé). De uma outra amiga ainda costuma vir roupa emprestada quer para ele quer para ela. E de vez em quando ainda vem roupa herdada de um primo que está fora do país, sobretudo casacos e calças tudo de marca timberland e afins (não que me interesse por marcas, mas de outra forma tb nao iriamos comprar).

em miuda sempre herdei a roupa das minhas primas, muitas vezes roupas iguais mas de diferentes tamanhos...;)

dos vizinhos do nosso prédio, q estao crescidos, tb se herdam brinquedos, bicicletas, skates, motos a bateria, jogos de tabuleiro, banheira de bébé, aranha...

:)

mena disse...

grande rede :)
se quiseres fazer intercâmbio cá pare este lado, estás à vontade, já que o contrário é impossível por pura impossibilidade prática :)
também estive nessa tarefa na minha tarde de Domingo e é impressionante a quantidade de coisas que deixou de lhes servir...