segunda-feira, julho 27, 2009

Saudades

Desta vez foram os avós paternos que sugeriram levá-la uns dias com eles, de férias. Ainda trabalham e as oportunidades são muito menos. Ela foi, só há umas horas, toda contente. Tão contente que quase se esquecia de se despedir de mim, embora depois me garantisse que depois ligavam «muitas, muitas, muitas vezes».
A minha filha vai por vezes de férias com os avós. Uns dias, uma semana, habitualmente não mais. Eu gosto que ela vá, faz-lhe bem. A ela, a nós, aos que a levam. O que verdadeiramente me custa é o momento da partida e o tempo a seguir. Depois, aos poucos, sabe bem a sua curta ausência e a recuperação das despreocupações de quando éramos os dois ou ela era pequenina. Portanto, sei que amanhã vou estar melhor. Mas agora... agora estou a ressacar de saudades da minha miúda...
Rita

3 comentários:

mena disse...

faz-lhe bem, claro. e a vocês também, mas as saudades, ai as saudades, como eu te compreendo, eu que ainda não me atrevi a deixar a Madalena na avó uma noite inteira que fosse :)

Anónimo disse...

nem preciso dizer nada pois não?... sei bem o que isso é! é claro que às vezes sabe bem deixá-los voar... mas fica um aperto no coração...
Beijinhos
D

Joana disse...

Isso tem a grande vantagem de não ter que a mandar para a escola nesta altura... Eu muitas vezes lamento a falta de avós reformados ou disponiveis que levem a R. durante uns dias.se bem que acho que me ia custar. Boas ferias! Bjs